Sindicato dos Bancários de Bragança Paulista e Região    |    30 anos    |    1986 - 2020     |
                 

Notícias

COMPARTILHE:


Você sabe que tem banco demitindo em plena pandemia?
SpBancarios | Bragança Paulista - 15/06/2020

Setor mais lucrativo do país está desligando pais e mães de família mesmo nesta crise sanitária sem precedentes. Denuncie ao Sindicato!


Arte: Seeb-SP

A categoria bancária foi uma das primeiras a garantir direitos diante da pandemia de coronavírus, como home office para mais da metade da categoria em todo o país, afastamento dos bancários do grupo de risco à Covid-19 e rodízio nas agências. Também na mesa de negociação com a Fenaban (federação dos bancos), o Sindicato conquistou o compromisso dos três maiores bancos privados que atuam no país - Santander, Bradesco e Itaú - de não demissão durante a pandemia.

Mas o Santander, que tem no Brasil sua maior fatia de lucro, está descumprindo o acordo e demitindo. Outros bancos, como Original, Carrefour e C6 também estão mandando embora pais e mães de família em um dos momentos mais difíceis para o Brasil, que alcançou a liderança em número de mortes pela Covid-19.

"A sociedade precisa cobrar esses bancos, como é possível em plena pandemia, com quase 10 mil famílias no estado de São Paulo tendo perdido seus entes queridos? Esses banqueiros milionários retribuírem seus lucros demitindo funcionários, quando é obrigação deles ajudar, ao invés disso, aprofundam a crise. Cobre seu banco", diz a secretária-geral do Sindicato, Neiva Ribeiro.

Os bancos são as empresas mais lucrativas do país, e ainda foram favorecidos com a liberação de R$ 1,2 trilhão pelo Banco Central, que não resultou em crédito mais barato e acessível para a população nesse momento de crise. Por tudo isso, e diante da crise sanitária sem precedentes que estamos vivendo, o Sindicato cobra dos bancos que parem de demitir!

Se seu banco está demitindo, denuncie ao Sindicato!

Procure o Sindicato
O Sindicato está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os bancários. Como as informações estão sendo atualizadas constantemente, deixamos aqui nossos canais de comunicação.

> Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o acordado? CLIQUE AQUI e deixe seu contato que vamos te ligar

> Central de Atendimento - você pode falar via formulário

> Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia.

> Pelo whatsapp 11.94286.5522