Sindicato dos Bancários de Bragança Paulista e Região    |    35 anos    |    1986 - 2022     |
                 

Notícias

COMPARTILHE:


Eleições Economus começam dia 11 de abril
Fetec-CUT -SP, com alterações de Seeb Bragança | Bragança Paulista - 30/03/2022

O momento é de união para enfrentar as ameaças que colocam em risco planos de saúde e previdência. O Movimento Sindical apoia chapa "A mudança é necessária''. Conheça os candidatos.



Mais uma vez, os participantes do Economus – entidade fechada de previdência complementar dos bancários do BB egressos do Banco Nossa Caixa – elegerão seus representantes nos conselhos Deliberativo e Fiscal, na votação que acontece entre os dias 11 e 22 de abril, de forma virtual. Os associados elegerão um representante para cada conselho.

O momento é de união para enfrentar as ameaças que estão colocadas para nossos planos de saúde e previdência. Não podemos descuidar dos nossos planos de previdência.

O Plano C (saldado) continua deficitário, carrega alguns equacionamentos e é fundamental que os conselheiros, junto com os participantes, o acompanhem de perto. É necessária a construção de uma solução definitiva para seus problemas.

Para isso, é essencial que os futuros conselheiros eleitos tenham firmeza para cobrar a responsabilidade do banco, buscando encaminhar as justas demandas dos associados nas negociações, que precisam ser levadas a sério pelo patrocinador. Precisamos garantir essa complementação até o final de nossas vidas.

Há ainda outro grande desafio: o de defender os direitos dos aposentados que, com o fim dos recursos do Fundo Feas, ficarão sem assistência médica a partir de abril. É necessário estabeler uma mesa de negociação que discuta, elabore e implemente soluções para que os aposentados não fiquem desamparados no momento mais vulnerável de suas vidas.

Banco do Brasil tem de assumir seu compromisso com a saúde desses trabalhadores
É importante lembrar que os associados só têm representatividade nos conselhos Deliberativo e Fiscal, ficando de fora da diretoria do Economus.
Além disso, o banco ainda conta com o voto de Minerva para fazer valer as suas decisões. Por isso, uma das propostas dos candidatos apoiados pelo movimento sindical bancário é a ampliação da participação dos trabalhadores nas instâncias decisivas do instituto de seguridade social.
Diante de tudo isso, a chapa “A mudança é necessária’’ propõe uma nova atitude, com ampla participação de todos e com maior divulgação de dados aos associados, visto que as informações que vêm sendo disponibilizadas não apontam a real dimensão dos problemas e suas consequências para os participantes.
‘’Nosso compromisso é criar canais permanentes de informação, com reuniões regulares e regionais junto aos associados, a fim de discutir e buscar soluções em conjunto, com respeito e democracia’’.

Conheça os candidatos

Rodrigo Leite  - Candidato ao Conselheiro Deliberativo
Ingressou no Banco Nossa Caixa em 2001. É bacharel em Administração de Empresas (FAAT), com pós-graduação em Economia do Trabalho e Sindicalismo, e especialização em Gestão Estratégica em Políticas Públicas, pela Unicamp. Ex-presidente do Sindicato dos Bancários de Bragança Paulista. Atualmente é diretor de Formação do Sindicato e diretor executivo da Fetec/CUT-SP. Membro suplente da CEBB (Comissão de Empresa dos Funcionários do BB) indicado pela Fetec/CUT-SP

Lucas Lima - candidato ao Conselheiro Fiscal
Tem 13 anos de Banco do Brasil, tendo ingressado na carreira pelo Banco Nossa Caixa. Tem certificação CPA 10. Atualmente é supervisor de Atendimento no BB. Já atuou como substituto nos cargos de gerente de serviços, gerente de relacionamento e gerente-geral. Diretor não liberado no Sindicato dos Bancários de Piracicaba, atuando na base de Capivari - SP. No Sindicato de Piracicaba, exerceu as funções de diretor de relacionamento com bancos federais e diretor de ações jurídicas.

Principais propostas
1 - Defesa do Economus e dos participantes.
2 - Auditoria completa no plano BD para apurar as origens e responsabilidade de todos os fatos geradores de déficits como: não aporte dos valores necessários para retroagir os direitos até a efetiva contratação de cada participante; desconsideração do adicional especial (sexta parte) de 30% do salário base após 25 anos de banco; não capitalização das pensões; redução da contribuição do banco em 18%; desconsideração do fator previdenciário no cálculo dos benefícios, ações trabalhistas, entre outros.
3 - Incorporação de todos os funcionários, da ativa e aposentados pela Cassi e também pela Previ com o mesmo tratamento dos demais funcionários do BB.
4 - Paridade na diretoria executiva com 2 diretores eleitos pelos participantes.
5 - Extinção do voto de Minerva, já que as decisões afetam igualmente os participantes e o banco.
6 - Consulta aos associados nas decisões mais importantes como: alterações no estatuto e custeio, mudanças nos planos de previdência e de saúde, aprovação de balanço, entre outras.
7 - Atuar em todas as instâncias em defesa dos participantes do Economus; continuar acompanhando a representação feita no Ministério Público Federal e atender seus pedidos; ampliar o apoio dos parlamentares, principalmente na comissão de trabalho, na ANAPAR, e junto a representantes de outros fundos de pensão.
8 - Atuar para ampliar nossa mobilização e luta, e buscar a união entre todas as entidades de representação (sindicatos, federações, associações e principalmente participantes).
9 - Buscar a equiparação das contribuições do PrevMais ao Previ Futuro. 10 - Utilização das CliniCassi pelos participantes do Economus.
11 - Criar conselhos consultivos paritários por planos de benefícios previdenciários
12 - Ampliar canais de comunicação e de interação com os participantes.
13 - Criar conselhos de usuários da assistência médica com participação ativa dos associados

Como votar
O período de votação eletrônica terá início às 10h do dia 11 de abril de 2022 e se encerrará às 17h do dia 22 de abril de 2022. As eleições 2022 serão realizadas exclusivamente em ambiente eletrônico, através do site eleicoeseconomus.com.br no qual o eleitor registrará seus votos nos candidatos habilitados para os Conselhos Deliberativo e Fiscal.

Para mais informações sobre o processo de eleições no Economus clique aqui