Sindicato dos Bancários de Bragança Paulista e Região    |    35 anos    |    1986 - 2022     |
                 

Notícias

COMPARTILHE:


FETEC CUT SP elege nova diretoria para o quadriênio 2022-2026
| Bragança Paulista - 21/11/2022





Esses foram os dirigentes eleitos que representam o Sindicato dos Bancários de Bragança Paulista e Região



A bancária e pedagoga Aline Molina Gomes Amorim, foi reeleita para seu terceiro mandato na maior federação de bancários do país. Com 29 anos de militância, a bancária do Itaú e dirigente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região assumiu a liderança da entidade nas gestões de 2015-2018 e 2018-2022. 

Aline é a primeira mulher a presidir a federação, que congrega 14 sindicatos em sua base. 

‘’Esse Congresso foi produtivo e muito bonito porque nos trouxe de volta a esperança, com a eleição de Lula. Sabemos que vamos ter muita luta mas temos melhores condições de lutar e sonhar. Quando acabamos de fechar nossa campanha salarial, permanecemos nas ruas para eleger quem pensa nos trabalhadores. Alcançamos na FETEC uma unidade que está sendo construída há três décadas. Estamos dando continuidade a essa história tão importante, trilhada por grandes nomes que nos antecederam. Estou muito segura que teremos gente brilhante conosco em mais esse desafio’’. 

Aline lembrou que a eleição de Lula foi importante para todas as gerações. ‘’Foi uma eleição importante não só para o Brasil mas para todo o mundo. E vamos lutar para ganhar corações e mentes de toda a sociedade’’. 

Aline fez um agradecimento especial ao Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região, do qual é dirigente, em especial à presidenta Ivone Silva. Agradeceu a força e lutas dos sindicatos do interior e de todos que trabalharam para a organização de um congresso tão grandioso. 

“Desejo à nova gestão sucesso. Temos muito a avançar e reiterar que o Seeb ABC estará sempre com a FETEC”.
Gheorge Vitti, presidente do Seeb ABC

“Todo meu desejo de sucesso à nova gestão. Vamos ter uma luta imensa para combater o fascismo e dar suporte ao governo Lula em todo seu mandato. Estou muito contente de participar desse processo e, principalmente, por ver tanta gente nova participando da nova gestão”.
Neiva Ribeiro, secretária geral do Seeb SP

“Nós, mulheres, somos maioria na categoria e parabenizo a reeleição da Aline nesse momento tão especial. E o desafio fundamental nesses quatro anos é o teletrabalho. Cabe aos novos dirigentes eleitos pensarem esse novo ciclo, lembrando que nossa luta vai muito além da categoria, incluindo o combate à injustiça social, ao racismo e outras bandeiras que, historicamente, faz parte do nosso DNA’’ 
Andrea Barcelos, dirigente sindical e militante da CTB

“O papel dessa direção, como de todos os sindicatos da nossa categoria é sustentar e defender esse projeto que foi eleito nas urnas no dia 30 de outubro. Porque gente é pra ser feliz, não é pra apanhar da polícia porque é preto, não é pra morrer em mão de miliciano, não é pra morrer de fome’’
Edson Carneiro, o Índio, da Intersindical

“Essa federação nasceu por conta de um enfrentamento que se fazia no movimento sindical nos anos 80 e 90. Porque sempre buscamos liberdade e autonomia. Em todas as lutas que travamos nesses anos, a FETEC foi protagonista e com um olhar cidadão, porque vê o bancário não somente como trabalhador, mas como cidadão que precisa de saúde, de lazer, de moradia”. 
Luiz Cesar de Freitas, o Alemão, diretor de Finanças da Contraf CUT

Fonte: Fetec SP